>Dia 31- Twisted Transistor

>

 Terminando o Meme de 31 dias, ufa. O tema de hoje é o que você quiser. Ok então, vou fazer um post que tava querendo fazer há uns dias já: comentário sobre a música Twisted Transistor, do Korn. Pra quem ainda não conhece está no final do post o vídeo da versão acústica dela (porque sou boazinha, nem todo mundo gosta de Nu Metal).
A música é do sétimo álbum da banda, See You on the Other Side, de 2005. Mas bom, essa afirmação é só pra situar a música no contexto da banda, mas o post é sobre a música no meu contexto de vida. Antes de mais nada, a letra e a tradução:

Twisted Transistor

Hey you! Hey you! Devil’s little sister
Listening to your twisted transistor.
Hold it between your legs.
Turn it up! Turn it up!
The wind is coming through.
Can’t get enough…

A lonely life where no one understands you
But don’t give up because the music do.
Music do! Music do!
Music do! Music do!
Music do! Music do!

Because the music do
And then it’s reaching
Inside you, forever preaching
“Fuck you too!”
Your screams, a whisper,
Hang on you,
Twisted transistor.

Hey you, hey you, finally you get it.
The world ain’t fair
Eat you if you let it
And as your tears fall on
Your breasts, your dress
Vibrations coming through
You’re in a mess…

A lonely life where no one understands you
But don’t give up because the music do.
Music do! Music do!
Music do! Music do!
Music do! Music do!

Because the music do
And then it’s reaching
Inside you, forever preaching
“Fuck you too!”
Your screams, a whisper,
Hang on you,
Twisted transistor.

Music do! Music do!
Music do! Music do!
Music do! Music do!
Music do! Music do!

Hey you! Hey you! This won’t hurt a bit.
(This won’t hurt a bit! This won’t hurt!)
Says who? Says who?
Anesthetize this bitch!
(Anesthetize this bitch! Anesthetize! )
Just let me be
Between you and me, don’t fit.

Music do
And then it’s reaching
Inside you, forever preaching
“Fuck you too!”
Your screams, a whisper,
Hang on you,
Twisted transistor.

Transistor Destorcido

Ei você! Ei você! Pequena irmã do Diabo
Ouvindo seu transistor destorcido
Segure-o entre suas pernas
Basta! Basta!
Vento está vindo dele
Não consegue ter o suficiente…

Uma vida solitária onde não ninguém te entende
Mas não desanime, porque a música te entende
A Música te entende! A Música te entende!
A Música te entende! A Música te entende!
A Música te entende! A Música te entende!

Porque a música te entende
E está te alcançando
Dentro de você, pra sempre rezando
“Foda-se você também!”
Seus gritos, um sussurro
Segure-se em você,
Transistor destorcido

Ei você! Ei você! Finalmente você entendeu
O mundo não é justo
Engole você, se você o deixar
E enquanto suas lágrimas caem em
Seus peitos, seu vestido
Vibrações vindo dele
Você está numa confusão…

Uma vida solitária onde não ninguém te entende
Mas não desanime, porque a música te entende
A Música te entende! A Música te entende!
A Música te entende! A Música te entende!
A Música te entende! A Música te entende!

Porque a música te entende
E está te alcançando
Dentro de você, pra sempre rezando
“Foda-se você também!”
Seus gritos, um sussurro
Segure-se em você,
Transistor destorcido

A Música te entende! A Música te entende!
A Música te entende! A Música te entende!
A Música te entende! A Música te entende!
A Música te entende! A Música te entende!

Ei você! Ei você! Isto não vai doer nada.
(Isto não nao vai doer nada! Isto não vai doer!)
Quem disse!? Quem disse!?
Anestesie esta vaca!
(Anestesie esta vaca! Anestesie!)
Deixe-me apenas ser
Entre você e eu, não cabe

A Música te entende
E está te alcançando
Dentro de você, pra sempre rezando
“Foda-se você também!”
Seus gritos, um sussurro
Segure-se em você,
Transistor destorcido

Não, não me sinto mais tão solitária. Mas já me senti. Essa podia ter sido a minha trilha sonora da adolescência, se a música tivesse sido lançada na época. Meu inglês não é tão bom, preciso ler a letra pra saber do que a música trata. Quando li esta, primeira coisa que pensei foi no meu eu adolescente, trancada a tarde inteira no quarto escuro ouvindo música (especialmente metal) nas alturas, ruminando minhas mágoas. Anos depois, lembro daquela garota com muito carinho: foi ela que ruminou o que eu tinha que ruminar pra conseguir seguir a vida adiante. E foi com ela também que aprendi a perdoar, a não esperar dos outros mais do que eles podem me dar. E hoje não preciso mais ficar trancada no quarto ruminando: sou uma pessoa mais feliz ^.^

E vocês, têm alguma música que te lembre alguma parte da sua vida?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s