Dia do Orgulho Nerd na Saraiva

O post e os bombons acima eu ganhei no sorteio, no final do Dia do Orgulho Nerd na Saraiva. Queria ganhar ou o livro do Piadas Nerds ou o primeiro da série Guerra dos Tronos, mas fazer o que. E parando de reclamar, bombom artesanal é bom demais. *.* E com o post acho que vou dar um jeito de virar capa de caderno (não gosto tanto de TBBT pra ficar na parede do meu quarto, mas como capa de algum artigo de papelaria com certeza).

Sobre o evento em si, prometi que ia comentar no post anterior, aqui vai o comentário então. Não foi ruim, mas confesso que só fiquei até o final por causa do sorteio. Não, os debatedores não eram ruins, eram engraçados e inteligentes (aliás, o Pizza Frita e o Território Nerd ganharam uma leitora – já conhecia o Piadas Nerds e o Garotas Nerds). Mas é que eu estou enjoada do assunto “o que define um nerd”, e foi essa a tônica do debate. Na hora do sorteio, deram uma graça a mais nos brindes mais disputados (a série do Mochileiro, volume único do Senhor dos Anéis, primeiro volume de Guerra dos Tronos), fazendo perguntas para que as pessoas pudessem levar os prêmios (depois de terem sido sorteadas). Nessa hora, me senti nerd velha – o que foi bizarro. Saber responder as perguntas sobre SdA e não sobre Pokémon (que nunca me chamou atenção), e ver que grande parte sabia o contrário foi engraçado. E pude entender reclamações do quanto se auto-declarar nerd virou “cool” e sem sentido. Tinha ali uns arroz de festa que juro que não entendi o que faziam por lá. Enfim, acontece.

Então, sobre o que se falou, mais detalhadamente? O de (quase) sempre: o que define um nerd – são os gostos? é o fato de gostar de gostar de se aprofundar no que gosta?é uma mistura dos dois? Daí tipos de nerd, daí a diferença entre um nerd e um hipster. Requisitos para ser considerado um nerd, a missão. E a sociabilidade? E as garotas? E gostar de Big Bang Theory, qualifica alguém como nerd? E como serão os filhos dos nerds? Como disse, foi bem debatido, o problema foi a pauta, que ando enjoada. A minha posição sobre isso? Tanto faz, gente, é só uma porcaria de um rótulo. Que pode ser usado para o “bem” – no sentido de conseguir definir suas relações rapidamente usando uma frase – “meus amigos são quase todos nerds” – quanto para o “mal” , quando a pessoa só usa um rótulo pra desesperadamente se sentir parte de algo, ou pra sacanear um grupo que mal conhece, ou…. No final das contas, não é algo que mude definitivamente a vida de ninguém por muito tempo (adolescência, se você é um ser saudável, passa. Depois disso, rótulo só faz diferença pra quem ganha dinheiro com algum nicho – tipo os caras do Jovem Nerd).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s