Novo nome do blog: Alindalë

Como a meia dúzia de leitores do blog lembra, ele se chamava Casa da Ceinwyn. Estava insatisfeita há algum tempo com esse nome, porque Ceinwyn é um nome com pronúncia complicada e difícil de lembrar (a não ser pros leitores da trilogia Crônicas de Artur, do Bernard Cornwell). Tinha decidido mudar o nome do blog, mas não sabia ainda para qual nome. Falei sobre isso no Facebook, e vieram sugestões: Casa da Alinde, Toca da Alinde, Alindalë. Assim que sugeriram Casa da Alinde, pensei em adotar  Toca da Alinde. Para quem me conhece, sou fã do Tolkien, e tenho alguns comportamentos bem parecidos com os hobbits. Parecia um nome adequado, já estava pensando em adotar. Mas então dona Cleonice, grande amiga e dotada de ideias incríveis e poéticas, sugeriu esse aqui: Alindalë.

Cleo é mineira de Betim, e não poderíamos nos conhecer não fosse a internet e nosso amor conjunto pelo Tolkien (embora ela vá negar nos comentários, ou nos zoar pela paixão comum). Somos ambas apaixonadas pela obra mais difícil dele: o Silmarillion. O Silma (como os fãs o chamam) é na verdade um conjunto de textos costurado pelo filho do Tolkien, não por ele. O próprio não teve tempo de termina-lo, morreu antes disso. Ainulindalë é o primeiro capítulo do Silmarillion, em que Eru (“Deus”) cria os Ainur (“”anjos””??)e, juntos, criam o mundo. Não seria nada demais, a não ser por um detalhe: criaram o mundo através de música. Cada Ainur tinha um tema dentro dessa música e a junção harmoniosa (e dissonante, no caso do Melkor) desses temas é que fez o mundo em que se desenvolverão as aventuras do Silmarillion, do Senhor dos Anéis e do Hobbit. Pessoalmente, acho a cosmogonia mais poética de todas que conheço (e já li algumas). Toda essa digressão sobre o Silmarillion e, adivinhem: o nome Alindalë é uma referência a esse capítulo lindo e amado. Nas palavras da Cleo:

remete a Ainulindalë, só que, no lugar de Música dos Ainur, temos a música da Alinde. E música, aqui, fica no sentido amplo, isto é, abarca o tanto de coisa que você “canta” no blog).

Nessa 43246547564412ª volta do blog, mantenho o meu desejo de fazer desse espaço um blog de variedades. Mesmo assim, não consigo, como perceberam, fazer um nome não literário. Fica o nome-homenagem a um dos meus autores da vida. Nome que, além de homenagem, diz bem o que o blog é: uma música com variados temas em harmonia (e algumas dissonâncias, por que não?)

Anúncios

2 comentários em “Novo nome do blog: Alindalë

  1. Amei o novo nome do blog (palmas para a Cleonice)!
    O Silma também é o meu livro favorito do Tolkien, justamente por causa do Ainulindalë, então não teve como não adorar a relação feita pela Cleo. Que você consiga “cantar” muito por aqui, mesmo que com algumas pausas ocasionais, e um pouco de dissonância não faz mal a ninguém. =)

    Curtido por 1 pessoa

  2. Achei perfeito o nome! Muito a sua cara!! Fico meio triste de vc “abandonar” o Ceinwyn, afinal, foi um dos primeiros fatores que me fez gostar de você (hihi), mas tudo bem, vc trocou por algo Tolkienístico, e foi por causa dele que a gente se conheceu, então tá tudo ok =D
    Estou curiosa para ler seus próximos textos, ou canções!
    Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s