Projeto Volta ao Mundo em 198 livros

Não gosto muito de projetos literários, porque não sou muito capaz de amarrar as minhas leituras de lazer. Se tem uma coisa que me faz não ler um livro de lazer é ser “obrigada” a lê-lo por conta de um projeto, de uma lista, de uma meta. Por isso mesmo, minhas metas literárias são: números de livros a ler, livros originários de 5 países diferentes… apenas metas que não amarram a leitura. Mas existe um projeto literário que me apaixona: ler ao menos um livro de cada um dos países do mundo. Não sei se Ann Morgan foi a primeira a fazer isso, mas se popularizou a ideia com ela. Aqui o  link do vídeo em que ela explica a ideia e como começou a execução.

world-map

Aqui no Brasil sei de dois blogs que fazem esse projeto, cada um com suas especificidades de execução: o Viaggiando (com o projeto A volta ao mundo em 198 livros) e o Literature-se (inspirado no primeiro, com o projeto “Lendo o mundo”). O projeto original, para quem tem preguiça de ver o vídeo, foi realizado em 2012 e Ann Morgan leu 196 livros em um ano. Não sou capaz de ler 198 países em um ano (pois vou usar a lista do Viaggiando: 193 países membros da ONU mais seus dois estados-observadores (Vaticano e Palestina) e Taiwan, Saara Ocidental e Kosovo que não são reconhecidos por ela). A Camila Navarro, do Viaggiando, usa sorteio para escolher o que ler do projeto. Adaptei para a minha disposição: vou fazendo a lista sem pressa, e quando estiver a fim/quando conseguir comprar eu leio e vou anotando na lista. Ann Morgan os leu em um ano, vou ler ao longo da vida. Ela dependeu de traduções, e a minha sorte é que tenho razoáveis noções de três línguas além do português, e com isso vou praticando-as: inglês, francês e espanhol. Vai ser difícil, ler literatura em língua não-materna demora, mas vamos que vamos. Vai ser um estímulo a mais para ler em outros idiomas. Projeto longo, sem data para acabar, esse é um projeto que quero, aliás o único que desejo cumprir. Nem que eu cumpra aos 90 anos.

Aqui a página do andamento do projeto.

Anúncios

18 comentários em “Projeto Volta ao Mundo em 198 livros

    1. Estou voltando a fazer, mas dessa vez sem pressão. Se eu cumprir, buenas. Se cumprir parte, buenas também. Se não cumprir, OK, tenho problemas mesmo em estabelecer a minha próxima leitura…

      Pra esse vou precisar mesmo de sorte. E ao longo da vida toda, porque se uma coisa que me nego é dar prazo pra esse

      Curtido por 1 pessoa

      1. Tá certa, Alinde! Anual, só o Desafio Literário é o que faço, mas pra ter ideia, só o ano passado é que consegui cumprir. Vira o ano e tento tudo de novo. Não me cobro muito não. A gente já tem coisa demais sendo cobrada da gente, né? Lazer é lazer. 😀

        Curtir

  1. A idéia é ler um livro de um autor x ou um livro icônico de cada país? Porque pela sua lista do outro post, parece que vc tá escolhendo livros icônicos. *amiga xereta e curiosa*

    Curtir

    1. Um livro de cada país. Livros icônicos ficam para os países que para mim são óbvios, porque leio sempre: Brasil, EUA, Inglaterra, França, Rússia…

      Curtir

  2. Esse projeto é maravilhoso e estou querendo fazer há tempos. Adorei ver que você vai fazer um projeto literário. E eu também penso que o melhor jeito para cumprir esse desafio é ao longo da vida, sem pressão (odeio pressão!)

    Curtir

    1. Todas se surpreendendo com Alinde fazendo projeto 🙂

      E não só pode, como deve, roubar o nome. Só dar o crédito do nome 🙂 (se bem que nem precisava pedir, né. Eu sei que não).

      Curtir

      1. Eba, muito obrigada 🙂

        Eu estou em uma nova fase com o blog e postando bem mais. Aí, como eu já estava querendo fazer o projeto e vi sua postagem pensei que poderia ser uma boa postar no blog a evolução do projeto também. 🙂

        Curtido por 1 pessoa

  3. Já tinha comentado no Insta e agora que li o post todo e conferi a lista fiquei com mais vontade de embarcar no projeto também (pra toda a vida haha). Depois vou ver se faço um post falando sobre ele lá no blog. Uma das coisas que sempre ando fazendo quando publico resenha é acrescentar uma tag para o país da obra: literatura francesa, etc… isso ajuda depois a ter uma ideia de como andam a distribuição das leituras por país.

    Para a Ucrânia sugiro um livro da Svetlana, o Vozes de Tchernóbil é excelente! O Jo Nesbø (Noruega) também é uma boa pedida se você gostar de thrillers. Da Islândia tem esse aqui: https://blablablaaleatorio.com/2013/12/02/onde-as-sombras-se-deitam-michael-ridpath/, o ruim é só que ao que parece descontinuaram a série no Brasil, mas a melhor parte do livro foi concluída neste primeiro volume, então vale a pena. Agora vou parar de dar tanto pitaco na sua lista hahaha.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s