Ferreiro de Bosque Grande, de J.R.R. Tolkien

Há 125 anos atrás, nascia o velho chato mais amado por mim: Tolkien. Muito talentoso, mas muito chato (o que fica evidente nas biografias e nas cartas). Mas não me interessa tanto o Tolkien pessoalmente, e sim o escritor. Reconheço todos os defeitos das suas obras, mas continua sendo o meu preferido, dentro da cultura … Continue lendo Ferreiro de Bosque Grande, de J.R.R. Tolkien